Páginas

VÍDEO DO DIA

O Baile de Máscaras - NASCEU!


Ontem foi um dia marcante pra mim. Inesquecível divisor.

Foram três anos, contando do dia em que (lembro com exatidão) sentado na sala em que gravaria o clipe de Vejam disse olhando bem nos olhos de minha mente: a partir de agora eu estarei

 sempre lá. Lá no dia em que realizarei o sonho que vou inventar aqui.

Teria que ser um show fantástico. Teria que envolver e tirar as pessoas da terra, da realidade, do banal. Teria que falar uma linguagem direta porém profunda. Teria que ser lindo de se ver. Teria que trazer as referências supremas da literatura, da música e das artes plásticas. E, mesmo com tudo isso, tinha que ser de baixo custo pois eu possuía na conta exatos R$2.000,00. Com esse dinheiro entrei na FNAC de Pinheiros e comprei (numa liquidação do modelo) meu MACBook branco. Em casa eu pus no twitter: "é possível fazer um projeto inédito e único sem dinheiro? Depois eu conto pra vocês".

Conto agora: É POSSÍVEL!

Montei um CD conceitual arranjado e com um repertório pensado para aquele show. Li livros e livros de poemas. Escolhi uma poetisa especial pra mim e que já estava em domínio público. Fiz dez mil WebCanjas e aprendi a entender as redes sociais. Criei um conceito visual que iria das imagens de Escher a dança pelas sombras até o P&B dos figurinos. E durante todo esse tempo escrevia um livro online no twitter, o Sem Palavras: 140 poemas, máximas, tiradas e contos. Teve muito mais "coisinhas" mas vou parar a lista...

O dinheiro veio de vocês. Pessoas do Brasil inteiro que apostam na sensibilidade de sujeitos como eu. Esse projeto foi feito não com o dinheiro PÚBLICO. Mas, isso sim, com o dinheiro DO público. Do público que escolheu fazer isso acontecer.

Pra fazer esse sonho despertar foram investidos cerca de R$25.000,00 entre equipamentos, mão de obra e etc. Estiveram envolvidos dezenas de pessoas às quais serei eternamente agradecido. Ao logo do tempo investi boa parte do que ia ganhando. Mas sem o coletivo seria impossível realizar esse espetáculo.

Agora a criança nasceu. Toda criança nasce pura, tropeçando, gritando de susto com um novo mundo. Com a nossa não foi diferente. Mas somos testemunhas de como ela é linda, doce, brilhante e tocante.

Vamos acompanhar os passos dela pois veio pra se tornar uma gigante.

Nos veremos nos próximos: #OBaileDeMascaras \o/



Ama a vida e segue!