Páginas

VÍDEO DO DIA

Atriz se converte ao islamismo e vira mulher-bomba




Aminat Kurbanova se explodiu há três meses matando outras sete pessoas, no Daguestão, na Rússia. Ela era católica e chegou a se casar antes de se converter ao islamismo.

Segundo o tabloide Daily Mail, Aminat e seu marido, Marat Kurbanov, foram apresentados ao islamismo pelo seu cunhado, Rustam.

Babá que matou duas crianças estava endividada Fúria covarde: mulheres são alvo de violência “Ela disse que tinha, finalmente, encontrado a sua religião”, disse Vera Saprighina, mãe da jovem.

O cunhado de Aminat foi morto em uma batida policial em sua casa, por suspeita de militância.

Marat também foi morto por policiais, quando o carro em que ele estava foi alvejado por não parar em um posto de controle.

De acordo com o Daily Mail, há a suspeita de que ele também fosse militante.

Viúva, Aminat Kurbanova começou a se vestir como muçulmana, se tornando cada vez mais religiosa.

Ela começou a ser vigiada pelo serviço de segurança e a ser questionada sobre a morte de seu marido.

Aminat chegou a se casar de novo, com o padrinho de seu casamento, Timur Kurbamagomedov. Mas o casamento não durou muito.

Há três meses, ela entrou na casa do xeique Said Atsayev, 74 anos e se explodiu, matando outras sete pessoas que estavam na casa.



Ama a vida e segue!