Páginas

VÍDEO DO DIA

Menos, menos: somos humanos e, logo, também somos bicho! Mora?


Às vezes gosto de provocar o senso-comum pra ver no que dá.
Em geral o resultado é uma pequena debandada (nada preocupante, diga-se) do meu twitter, além de algumas ofensas gratuitas.
Porém, só vejo o lado ótimo: é melhor ter poucos capazes de refletir e debater com doçura que muitos radicais seguindo ao seu lado.
Vejam um resumo do debate surgido a partir de uma simples constatação que fiz dos quatro perfis de Orkut que tenho.
Percebendo a relação do “engajamento”pró-bicho e pró-humano na rede:
Tô impressionadíssimo com o tanto de gente "PREOCUPADINHA" com animais no orkut em comparação a preocupação com crianças e etc. Mal sinal!
"Não mate a anta", "adote um jegue", "preserve a samambaia", "liberte o abutre"... Porra, ninguém fala dos moleques da cracolândia no Orkut?
Quer ser preservacionista? Comece pelo seu próximo e continue valorizando a VIDA geral. Não entre na onda contra-VC! Ou se acha superior (aos humanos “maus” – todos, menos cada um e os seus. Estranho...)? Pois Não é!
Apontando o “especismo avesso” (colocar o homem como vilão irrefutável)
Há uma onda, visível em redes sociais, “contra-humano”. FATO INSOFISMÁVEL. Baseia-se num “especismo as avessas”! Atente!
Produto do egoísmo mal dissimulado. Vc (tmb) é GENTE. (O remédio é) Educar: sem GENTE digna, ñ servirá d nada campanha pro-bicho.
A questão é simples: A ALIENAÇÃO DA CLASSE MÉDIA QUE QUER SER "BOA" INVENTOU O "ENGAJAMENTO" ANIMAL PRA SUBMETER (por de lado)A (sua) (IR)RESPONSABILIDADE SOCIAL!
Condenando a idéia de que miseráveis são racionais, portanto são “culpados” por sua sorte:
Ondinha barata de por pobres num saco de MALDADE nata. RI-DÍ-CU-LO. O papagaio e o vento, assim como a GENTE, merecem dignidade.
Afirmando concordar (evidentemente) com a preservação da vida-animal:
 Um mais um não são três: uma coisa é constatar a ondinha "humano é mal X bicho é bom" e outra é defender a vida. De forma abrangente!
Quero a consciência nova que AMA e valoriza a VIDA independente das espécies. Qualquer espécie. Você (todos nós) Não é super!
Resumo meu apelo: não entrem em campanhas pelo direito dos bichos. Só se você considerar humanos também como bichos, o que de fato somos!(Mas não esqueça de seus semelhantes em todas as classes).
Usando e abusando do sarcasmo aos radicais:
Sugiro aos contra-humanos/pró-bichos:  1)encham as casas de animais selvagens 2) pulem em massa do viaduto do chá em protesto, seus HUMANOS!rsrs
Vou tocar violino pois a girafa tem pescoço muito grande pra esse ato HUMANO. rsrs
Desumanizando o que não é humano nem quer ser (Querer é conceito. Nosso também).
Acho essa galera que vê "bondade" nata nos bichinhos, das mais "infantis": BONDADE é ideia forjada pelo HUMANO. Bicho caga pra isso!
Na real: animais não são bons nem maus. Não precisam desse fardo ideológico. Homens são bons e/ou maus. Seja justo você!
Vamos deixar de por IDEIA religiosa (bondade, inocência, pureza...) na realidade dos bichos. Deixe o bicho em paz: (ele) não é a santidade perdida dos maus pecadores.
Exemplificando: bichos são cruéis quando seus instintos assim desejam:
Minha cadela comeu todos os filhotinhos (e) havia ração (da cara) além do que muitos meninos de rua comem num ano. (Detalhe:) A cadela não se confessou nem teve remorsos!(E está livre, não na cadeia!)
Vi um vídeo sobre elefantes assassinos. Sim, ASSASSINOS. Matavam sem motivo, por esporte. Matavam rinocerontes, árvores e homens.

Na falta de argumentos, meus “opositores” (uns 2) 
afrontam:

“O problema não são os equívocos de conceito do Galldino, uma visão maniqueísta que não cabe mais. É replicar isso sem base”. By @jadomingos

Nota: Equívocos, conceito, base...? Falou, falou e nada disse. Eu poderia dizer também que ele estava equivocado. Nada seria. Esse só perguntou no debate. Agora, maniqueísta? Não sabe o sentido da palavra ou não leu minhas colocações contra o (aí sim maniqueísta) “bom-bichoX mau-homem”? Cômico.

“O cara tem cinco mil seguidores e uma linha de raciocínio dessas... De animal racional não tem nada”. By @ deniseazevedo21.

Nota: Essa nem participou do debate. Apareceu assim, carinhosamente. Sua “ironia” quanto a minha (ir)racionalidade não me convence. Basta ler minhas colocações e comparar com essa única dela. O que acham?

Bom, adorei o papo. Mesmo.

Agradeço à todos que participaram. Mas principalmente aos que sabem discordar e concordar a partir da reflexão e do respeito. A partir da provocação bem-humorada.

Ninguém deve ser inflexível. Se for: azar!

Vamos manter um diálogo saudável.

Ama a vida e segue!

@galldino